• Sissi Semprini

SAUDADES DE "CASA"


Sinto saudades de casa. Tenho certeza que nasci nas estrelas De onde vim as portas não tem trancas, As casas não tem muros A base de tudo se organiza na troca.

Saudades de casa, Onde o que prevalece é a energia da harmonia, A despeito de diferenças a ordem é sempre quem impera. Não existem países e nem fronteiras, Não ha supremacia mas há partilha.

Saudades de casa Ninguém tem ideia do que seja mentira, A verdade é pura como água cristalina A alegria é inerente A paz interna é permanente, E o propósito quia nossas escolhas.

Saudades de casa, Mas por hora é hora de estar por aqui! "Contos Cotidianos" - Sissi Semprini

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo