• Sissi Semprini

COMO AJUDAR?


Um dos livros do Bert Hellinger trata exclusivamente deste tema, o livro As Ordens da Ajuda. É um livro profundo, com conceitos que nos fazem repensar a nossa postura diante da vida. E, quando nos aprofundamos no trabalho de Constelações Sistêmicas Fenomenológicas, que Bert Hellinger desenvolveu, vamos nos apercebendo a cada novo trabalho, o quão desinformados somos a respeito da ajuda ao nosso próximo.

Nem sempre a nossa ajuda vai ser a solução daquele Ser de Luz, muitas vezes essa nossa ajuda vai servir de entrave para o seu aprimoramento existencial. Na ânsia de servir atropelamos o destino do outro.

Não raro, o sofrimento que interrompemos naquelas a quem amamos ou por aqueles que olhamos na energia da piedade e na vida dos quais interferimos, é o mesmo sofrimento que vamos experimentar manifesto evidentemente de outra maneira nas nossas próprias vidas. Pagamos um preço alto pelas nossas interferências, porque nos associamos ao destino daquela pessoa. Precisamos exercitar e entrar em contato com a grandiosidade da vida, com a pura essência que sabe mais alem e nos coloca na vida terrena de forma adequada ao que precisamos sentir, viver e superar para dar mais um passo rumo ao nosso próximo estágio existencial.

O próximo estagio do homem é a ascensão.

As Leis que regem o universo e a existência são justas e atuam para todos nós independente de estarmos cônscios delas ou não. São leis imutáveis, e quando a nossa evolução individual já nos possibilita compreender o processo de reencarnação como parte da Lei da ação e reação, sem o conceito religioso que se associa a essa lei, fica mais fácil entender e respeitar o destino de cada um.

Voce esta exatamente onde precisa para sua evolução e toda interferência humana neste processo, mesmo imbuído dos mais nobres propósitos embasados no amor causa interferência, a tal ponto que em alguns casos acarreta a você o preço e estagna a percepção do que deve ser feito por parte do ajudado. Mas isto não significa que você deva se transformar numa pessoa fria e egoísta, mas aprender a ponderar sobre seus passos.

Até onde a cesta básica que você oferece todos os meses a uma determinada família não a esta acomodando na miséria? Experimente pedir que ela faça algo em troca da cesta e veja a reação. Quanto ela esta disponível a praticar a Lei do equilíbrio? As vezes trata-se de uma pessoa enferma, mas que sabe fazer lindos bordados, porque não oferecer-lhe material de trabalho e aceitar esse trabalho como uma troca justa?

Porque não efetuar um trabalho de constelação sistêmica antes da prática de uma adoção. Adoção é algo muito sério e complexo, e no trabalho de constelação os movimentos são claros e as respostas precisas. As vezes quando na adoção o que houve foi uma interferência cármica, a criança adotada não se comporta com gratidão pelo que recebe, e os pais adotivos passam a experimentar um profundo sofrimento e tristeza pelo não reconhecimento, ninguém mais consegue ser feliz.

Quantas vezes interferimos nos atos de nossos filhos procurando minimizar os efeitos de algo que tenham provocado, impedindo-lhes de arcar com o que fizeram e justamente esta atitude os coloca no comodismo da repetição e desvia seu olhar da retidão e do crescimento. Amar ao próximo como a nós mesmos, é reconhecer em cada um Seres de Luz em estágio evolutivo a caminho do próximo passo, e respeitar a todos os destinos por mais dolorosos que sejam, ajudando quando nos couber ajudar sem interferir e tentar resolver a vida do outro. Se você der conta de cuidar de si mesmo, resolver as suas questões, compartilhar de si com tudo o com todos, por certo, terá feito muito para si e para a vida. A sua vida lhe propicia isto, dentro do trabalho que realiza, dentro da profissão que escolheu, dentro da família da qual você faz parte. Preste atenção, quanta coisa tem para ser resolvida por você.


As almas que nascem para a caridade, já nascem com esse destino, e nos cabe oferecer ajuda a estes seres que estão aqui com este propósito. Em geral estes seres já abdicam de uma vida convencional e partem para a devoção, esse papel é deles, e a nossa ajuda direcionada a estes seres que muitas vezes criam instituições ajudadoras é uma melhor escolha. E podemos ir mais alem, podemos vibrar energia de amor e Luz envolvendo todo o planeta terra confiando na força transformadora da Chama Trina e assim, ajudarmos com a energia correta praticando o amor que cura.

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo