• Sissi Semprini

ENERGIA MANIFESTA


Energia é a força mor que impera no universo.

Vida é energia manifesta no planeta terra na terceira dimensão, tridimensional, densa e passível de incidências físicas ou emocionais que causam dor, sofrimento, sentimentos de inadequação, aprendizado, sublimação, superação. É a energia colocada em movimento no sentido de busca de aprimoramento humano.

Essa energia não nos pede passividade e conformismo.

Ela nos pede impulso e conhecimento.

O caminho da evolução e de novas descobertas.

Ela nos chama para o equilíbrio.

Mas sobremaneira nos chama para a nova era, onde o Ego deve ser sublimado.

Porem, não é possível sublimar o ego se anulando e adotando posturas de absoluta negação.

A sublimação do ego acontece quando você reconhece o ego do outro, quando consegue ver a Luz em outro ser.

Quando mergulha sem salva vidas em seu mar de alem de dentro e se permite sentir e conhecer-se tal qual é, único em toda a criação. Porem se você é único, aquele a seu lado também o é, e todos os seres manifestos no planeta o são.

Na manifestação terrena tridimensional humana temos aspectos aparentes que nos diferenciam uns dos outros, como por exemplo, cor de olhos, cor de pele, estatura, peso, porem se nos expomos a uma foto kirlian, percebemos que nossos corpos de luz podem estar alinhados ou desalinhados conforme nossas emoções, só pela foto não da para se descrever cor de pele, estatura, peso ou qualquer outra característica estritamente terrena.

Portanto, você não é o corpo que ostenta. Você é Luz manifesta em um corpo que o mantém apto a estar na manifestação física.

No grande mergulho para o alem de dentro os encontros são com movimentos maiores, nos encontramos com a sutileza de nossa essência Divina que nos pede Amor Incondicional, tolerância, aceitação, em primeira instancia conosco mesmos. Pede-nos um olhar de carinho e um profundo amor pelo ser de Luz que cada um de nós somos.

Sob esse olhar, entramos em contato com a ternura que faz com que nossa Luz se expanda e contatamos então a vastidão de possibilidades da co-criação, da descoberta indescritivelmente bela de que Eu Sou Um com o Pai. De que Somos Todos Um.

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo