• Sissi Semprini

O AMOR QUANDO ABRANGE


No primeiro momento foi no olhar, uma identidade sentida , uma inquietação chamando a atenção para dizer: tem algo mais aqui.


Depois o primeiro encontro, o coração quase saindo pela boca a ansiedade da espera, e ai você chegou.


O primeiro encontro já parecia o milésimo, tamanha a identidade e a saudade. O primeiro beijo inesquecível, ainda sinto o seu sabor de: que bom que nos reencontramos,.


A vida segue, e a relação se aprofunda, a decisão chega e o casamento acontece, tudo muito rápido, afinal nossas almas são tão antigas conhecidas, esperar para que? E assim vamos nós, Com o passar dos anos o amor vai se moldando e a cumplicidade que já era grande torna-se plena.


Estranho dizer, mas parecemos um só sendo tão diferentes em tantas coisas. Eu gosto da quietude, você gosta da prosa, eu gosto de silêncio, você gosta do barulho, eu sou toda mistica, você racional.... e por ai vai, acredito que complemento deve ser isso mesmo, pelo menos para nós tem dado certo.


E seguimos, vida afora, filho crescendo, dificuldades se avolumando, e nosso amor ali, intacto., quantos altos e baixos, perdas, frustrações, desespero, e nós dois ali, de mãos dadas, em todos os momentos parceiros, cúmplices, aliados e escoras um do outro.


Acho que amor não tem medida, tem abrangência, ele vai se expandindo e ficamos imersos em sua essência, e estamos envelhecendo, os anos passando , nossos corpos sofrendo a ação do tempo, a lei da gravidade atuando e despencando tudo e nosso olhar apaixonado ainda é o mesmo de trinta e dois anos atrás, eu vejo nos seus olhos o jovem cheio de amor e me sinto a jovem cheia de amor, nosso amor não envelheceu, não sofreu com a ação do tempo, se aprimorou, e de um amor abrangente e indescritivelmente belo, vejo-o tornar-se absoluto.


Sim tenho certeza, mais de mil vidas já vivemos juntos e vislumbro uma eternidade a nosso dispor.


Quando o amor da certo é possível nos sentirmos completos, não porque eu seja sua metade e você a minha, mas porque somos dois inteiros que somam e se tornam mais. Mais amigos, mais verdadeiros, de mãos dadas seguindo juntos, olhando o mesmo horizonte, vislumbrando o mesmo destino.


E mesmo os anos que vivi sem ti em cada verso em cada poesia minha alma já cantava a saudade de sua presença, estivestes longe fisicamente, mas sempre dentro de meu Ser.


Sim essa é a beleza, complemento é isso, Você em mim e eu em você com toda a identidade preservada.


Amor e Luz em sublime travessia, evolução à vista, vamos nós, sempre e avante, em tempo algum me apartarei de sua essência, estamos uníssonos em nossas almas.


Acho que não preciso dizer que te amo, nem você a mim. Nos tornamos um amor em essência., de bônus, vem o respeito, o carinho, o namoro, a alegria, etc.....


Acho que somos muito ricos. Gratidão ao nosso espirito que não se negou a Ser e a deixar acontecer.


Feliz aniversário de nosso reencontro neste planeta.


Sissi Semprini, 22 de julho de 2020

16 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo